fbpx

Políticas de Férias dos Funcionários no Condomínio

Possuir uma política clara e planejar antecipadamente são a melhor maneira de tornar mais fácil o gerenciamento das férias dos porteiros e auxiliares de serviços gerais e evitar o pesadelo em que ele pode se tornar.

10 Dicas Importantes

  1. Esclareça a sua política de férias já no processo de contratação e orientação, fornecendo ao funcionário as regras e procedimentos por escrito. Destaque os períodos de pico de trabalho durante os quais as férias podem ser proibidas ou restritas. Se houver conflitos com feriados religiosos ou compromissos anteriores, discuta-os imediatamente para evitar surpresas.
  2. Explique a possibilidade de ter de reorganizar os períodos de férias dos funcionários para atender a demandas internas ou mudanças imprevistas nas condições de mercado, mas não abuse desse recurso para restringir os funcionários nos períodos nobres de férias.
  3. Defina um prazo para solicitação de férias que lhe dê tempo suficiente para projetar como as ausências dos funcionários podem afetar os cronogramas de produção e datas de entrega para resolver quaisquer conflitos.
  4. Prepare-se para as ausências. Relacione os itens a serem providenciados por quem vai sair e garanta que a pessoa tenha tempo de organizar tudo para os colegas que ficarão (resumo dos trabalhos em andamento, responsabilidades, contatos, arquivos, prazos, etc.).
  5. Distribua os deveres dos funcionários de férias entre vários colegas para não sobrecarregar apenas uma pessoa, obrigando-a a fazer o trabalho de dois.
  6. Ofereça bônus ou outros incentivos para os funcionários que concordarem em trabalhar durante os períodos de férias mais populares, quando a ausência deles for ruim para os negócios.
  7. Se a política de férias for flexível, permita que os funcionários em posições idênticas negociem datas entre si, desde que isso não prejudique os picos de produção ou a qualidade das entregas.
  8. Se você não tiver um sistema de RH, adote um sistema de acompanhamento das férias dos empregados, que pode ser até mesmo uma planilha do Excel, na qual você poderá visualizar rapidamente o cronograma e o controle de todas as solicitações.
  9. Ao planejar o cronograma de férias da empresa, considere também licenças médicas e outros tipos de ausências dos funcionários, desde períodos com maior incidências de doenças sazonais (gripes, por exemplo) até a possibilidade de licença maternidade.
  10. Na hora de fechar o calendário, discuta-o com a equipe para minimizar insatisfações. Certifique-se de que a negociação seja justa para todos os membros da equipe e que idade, sexo, fatores étnicos ou religiosos não sejam usados para favorecer uns e prejudicar outros.


Em vez de se preocupar em como vai substituir o seu porteiro durante as férias dele, contrate uma empresa especializada e legalizada, que pode te fornecer um ou mais colaboradores para suprir essas férias. É mais fácil e mais barato do que você imagina! Fale conosco e faça um orçamento sem compromisso.
Compartilhe!